Aparelho Android agora fica desbloqueado quando estiver nas mãos do usuário

Postada em: 23/03/2015 14h11m
Atualizado:   23/03/2015 14h16m

O Google está adicionando um recurso à trava inteligente do Android que poderia diminuir significativamente o número de vezes que os usuários precisam digitar uma senha para destravar seus aparelhos enquanto estão por aí.

A chamada “on-body detection” usa o acelerômetro do celular para detectar quando ele está sendo carregado por uma pessoa. Caso esteja habilitado, o recurso exige uma senha na primeira vez que o aparelho é acessado, mas depois mantém o dispositivo desbloqueado até que seja guardado.

Isso significa, por exemplo, que uma pessoa andando na rua não terá de destravar seu celular sempre que o tirar do bolso.

O recurso não parece ter sido anunciado pelo Google, mas começou a aparecer em alguns celulares na última sexta-feira, 20/3.

Como os outros elementos da trava automática, esse recurso deve ser usado com cautela uma vez que não consegue detectar quem está carregando/segurando o smartphone.

“Se você destravar seu aparelho e o entregar para outra pessoa, ele ficará desbloqueado enquanto a outra pessoa continuar segurando ou carregando-o”, afirma uma mensagem exibida nos aparelhos com o novo recurso.

O recurso de trava inteligente (smart lock) foi introduzido no Android 5.0 Lollipop e permite aos usuários configurarem zonas ao redor de lugares confiáveis, como a sua casa ou escritório, e aparelhos WiFi ou Bluetooth, como um computador ou rádio de carro. Quando o aparelho estiver em uma dessas zonas, continuará destravado uma vez que for desbloqueado pela primeira vez. 

O recurso também pode reconhecer rostos e ficar desbloqueado quando visualizar um “rosto confiável”.



Lollipop, Android, Recurso

Digite o codigo abaixo:

Recarregar imagem